Sidebar Menu

Profissionais de saúde comemoram primeiras doses da CoronaVac em Osasco

Imunizados relatam que emoção e esperança são os sentimentos que marcam o inicio da campanha de vacinação. "É uma luz no fim do túnel".
A técnica de enfermagem Maria Luiza Necundes recebeu a primeira dose da vacina (foto: Marcelo Deck/Divulgação)

Osasco iniciou na noite de ontem (20), a imunização dos primeiros profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19. A vacinação iniciou após a cidade receber mais de 7,9 mil doses da CoronaVac enviadas pelo Governo do Estado de São Paulo. A escolhida para iniciar a campanha foi a auxiliar de enfermagem Maria Luiza Necundes, de 56 anos.

Moradora do Jardim Canaã, na zona Norte da cidade, Maria Luiza tem 30 anos de profissão, sendo 15 deles destinados à saúde de Osasco. "Estava muito ansiosa para que chegasse esse dia, mas agora o nervosismo passou", disse a profissional. "Sinto-me honrada por ser a primeira a ser vacinada", completou após receber a primeira dose.

A aplicação da vacina aconteceu na Policlínica da Zona Norte, onde outros 14 profissionais, que atuam diretamente com pacientes de covid-19 foram vacinados. A lista é composta por dois médicos, dois enfermeiros, sete técnicos de enfermagem, um auxiliar de enfermagem, uma da área administrativa e outro auxiliar de higiene da Policlínica.

O médico generalista, James Willames Pires Barbosa, de 32 anos, atua na atenção primária na rede municipal que também recebeu o imunizante relatou como tem sido o trabalho de combate ao coronavírus. "É um trabalho exaustivo, mas estamos nos dedicando 100% aos pacientes e também aos familiares que chegam em busca de informações, de alento. Também tivemos perdas de colegas de profissão. Esperamos que com esse momento histórico (a chegada das vacinas), em breve possamos dar um fim a essa pandemia que tanto vem causando dor e sofrimento em nosso País", destacou.

Imunizado no domingo

No domingo (17), logo depois da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovar o uso emergencial no Brasil da CoranaVac, produzida pelo Instituto Butantan, Gilson Gomes, que atua no Pronto-Socorro do Jardim D'Abril foi o primeiro profissional da rede municipal de saúde de Osasco a ser vacinado contra a covid-19. Ele participou do ato realizado pelo governo do Estado no Hospital das Clínicas, na Capital.

"O sentimento de muita gratidão, por ter sido o primeiro da rede, representando todas as unidades e todos os meus colegas, por isso, digo a eles, vão sem medo, pois essa é a nossa esperança", disse em vídeo publicado pela administração. "A vacina para mim, naquele momento, representa uma luz no fim do túnel", garante emocionado. 

O prefeito Rogério Lins (Podemos) informou por meio das redes sociais, que solicitou 216 mil doses da vacina, quantidade necessária para atender os profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos na primeira fase da vacinação. "É um momento de muita emoção e esperança de dias melhores para todos os nossos profissionais da Saúde e de nossa população. Esse foi só o primeiro lote que recebemos e tenho certeza que logo vamos receber novos doses e dar sequência ao cronograma de vacinação em nossa cidade", disse o prefeito.

Gilson Gomes, que trabalha no PS do Jardim D'Abril, foi vacinado em ato organizado pelo governdo do Estado (Foto: Reprodução)

Veja mais notícias sobre Coronavírus.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection