Sidebar Menu

Em um mês, Osasco tem mais de 2.700 novos contágios de covid-19

No mesmo período, foram registrados 80 óbitos a mais que no mês anterior
Calçadão comercial no centro da cidade (Foto: Arquivo Giro S/A)

Osasco continua no topo do ranking das cidades da região com maior número de contaminados por coronavírus. De acordo com o boletim da prefeitura, divulgado na terça-feira (15), a cidade soma 17.901 casos confirmados. A população da cidade, de 699.944 pessoas, segundo estimativa do IBGE, também é a maior da Região Oeste da Grande São Paulo - entre os municípios que fazem parte do Consócio Intermunicipal Cioeste.

O total de óbitos de covid-19 em Osasco chegou a 755, sendo 427 em Osasco e 328 fora do município, sendo que, quatro deles, entraram no sistema nas últimas 24 horas (duas vítimas de São Paulo, uma de Barueri e uma de Osasco). Na cidade, a taxa de ocupação de leitos de emergência é de 40,7% e 59, 3% está livre. Em relação a taxa de ocupação de respiradores, hoje, 82,8% está livre e 17,2% ocupado.

Em agosto
Há cerca de um mês, o boletim de 17 de agosto apontava para 15.165 casos confirmados de covid-19, indicando que em setembro ocorreu aumento de 2.736 novos casos. Em agosto, os óbitos chegaram a 675 no dia 17 (sendo 394 em Osasco e 281 fora do município). O aumento foi de novas 80 mortes por coronavírus até 15 setembro. 

Veja mais notícias sobre CoronavírusMetrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection