Sidebar Menu

​Dos quatro hospitais estaduais da região, três estão com 100% dos leitos de UTI ocupados

As unidades hospitalares fazem parte da Rota dos Bandeirantes, localizados nas cidades de Osasco, Carapicuíba, Itapevi e Cotia
No Hospital Regional de Osasco são 51 leitos de UTI todos ocupados temporariamente (Divulgação/Governo do estado de SP)

Levantamento feito pela reportagem do Giro S/A com a Secretária Estadual de Saúde, na quarta-feira (17), apintou quedas, dos quatro hospitais estaduais localizados na região oeste da grande São Paulo, três estão com 100% dos leitos de unidade de tratamento intensivo (UTI) de covid-19. As unidades hospitalares fazem parte da Rota dos Bandeirantes, que compreende a região oeste, com unidades nas cidades de Osasco, Carapicuíba, Itapevi e Cotia.

Segundo o governo do estado de São Paulo, as taxas de ocupação de leitos variam durante o decorrer do dia, devido a fatores como altas, óbitos ou transferências para leitos de enfermaria ou UTI, por exemplo.

De acordo com a Secretaria, o Hospital Geral de Itapevi disponibiliza 20 leitos de UTI, todos ocupados por pacientes e 19 leitos de enfermaria, com 37% de ocupação.

No Hospital Regional de Osasco são 51 leitos de UTI, todos ocupados, temporariamente, e 37 de enfermaria, com 80,7% de ocupação. No Hospital Regional de Cotia são 20 leitos de UTI e 33 de enfermaria, todos ocupados no momento.

A Secretaria de Estado da Saúde mantém o monitoramento do cenário da covid-19 em todas as regiões. Na manhã desta quinta-feira (18), a taxa de ocupação na Grande São Paulo é de 90,7% de UTI e 84,6% em enfermaria.

Até o fechamento da reportagem, a Secretária Estadual de Saúde não informou os dados do Hospital Regional de Carapicuíba. 

Veja mais notícias sobre MetrópoleCoronavírus.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/