Sidebar Menu

Complexo Esportivo do Ibirapuera vai virar hospital de campanha

​A unidade será referenciada e receberá pacientes vindos de unidades de pronto atendimento.
Foto: Divulgação / Governo do Estado

O Governo do Estado anunciou, nesta terça-feira (7), que o Complexo Esportivo do Ibirapuera vai ser um hospital de campanha para atender pacientes com coronavírus.

O espaço terá 240 leitos de baixa complexidade, 28 leitos de estabilização, sala de descompressão, consultórios médicos e tomografia. A unidade será referenciada e receberá pacientes vindos de unidades de pronto atendimento.  

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, a unidade terá 7,5 mil metros quadrados e vai ocupar o gramado e parte da pista de atletismo do Complexo. A ação foi possível graças a uma parceria com a Secretaria de Estado de Esportes, que cedeu o espaço para montagem da estrutura. 

Para gerenciar o local, Secretaria de Estado da Saúde vai firmar convênio com o Seconci, organização social de saúde (OSS), que já administra outros hospitais e Ambulatórios Médicos de Especialidades do Governo do Estado. 

A OSS ficará responsável pela contratação de 800 profissionais de saúde que atenderão no local. O total de recursos para a construção e desmobilização do local é de R$ 12 milhões. Outros R$ 10 milhões mensais serão investidos para o custeio da unidade.

Veja mais notícias sobre Coronavírus.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/