Sidebar Menu

Teleatendimento para o pós-operatório é adotado em Barueri

Para identificar qualquer processo infeccioso relacionado à cirurgia, consultas são feitas por enfermeiros da linha de cuidado cirúrgico via chamadas telefônicas e vídeo
Expectativa é que sejam realizadas, em média, 1.000 consultas online de pós-operatório por mês pelo HMB (Divulgação/Janaina Barbedo/Secom)

Desde o dia 7 de junho, o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB) passou a realizar a marcação de atendimentos virtuais para pacientes que foram submetidos às chamadas "cirurgias limpas", como, por exemplo, de hérnia, varizes e colocação de próteses ortopédicas.

Esses procedimentos são considerados "limpos" porque não são realizados em áreas do corpo potencialmente contaminadas por bactérias, como as de trato respiratório, alimentar, genital e urinário. Eles têm também menor risco de infecção local, e, caso ocorra, é de fácil reconhecimento pelo paciente.

O teleatendimento tem por objetivo identificar de forma precoce qualquer sinal de infecção no local da cirurgia. Para isso, após 30 dias do procedimento, conforme agendamento, a equipe de enfermagem entra em contato e, com base em um questionário, avalia o estado do paciente. 

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/