Sediada em Barueri, Netflix doa R$ 3 mi a fundo audiovisual de profissionais negros

Recursos provenientes da gigante do streaming de filmes e séries deve beneficiar mais de 800 profissionais e 200 empresas; veja como se inscrever 
Iniciativa visa apoiar o setor cultural, extremamente afetado pela pandemia (Divulgação / Netflix)

Com sede em Barueri, no bairro Alphaville, a plataforma de streaming Netflix anunciou na última terça (16) que vai doar R$ 3 milhões ao Fundo de Amparo aos Profissionais do Audiovisual Negro (Fapan). A iniciativa vai beneficiar 875 profissionais autônomos e 275 representantes legais de empresas.

O auxílio é parte de um fundo de US$ 150 milhões disponibilizado em mais de 20 países, para apoiar quem enfrenta as enormes mazelas que a pandemia trouxe ao setor cultural. "Vidas negras importam e suas histórias também. Esperamos que essas iniciativas – somadas a tantas outras que ainda são necessárias – possam reduzir um pouco as desigualdades e fazer com que essas potências, espalhadas pelo Brasil, se encontrem e ampliem suas vozes. Assim, mais brasileiros também poderão se ver refletidos na tela", informa o comunicado enviado pela empresa.

COMO SE INSCREVER
Profissionais interessados no auxílio devem se cadastrar no site da Apan a partir de domingo (21). Documentos necessários e demais informações serão disponibilizados no link mencionado.

Cada profissional aprovado vai receber um pagamento de R$ 2 mil, enquanto os representantes das empresas recebem R$ 4 mil.

Veja mais notícias sobre EconomiaMetrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/