​Sabesp mantém tarifa social em comunidades de baixa renda até agosto

Reajuste tarifário foi adiado para agosto
Famílias carentes contam com isenção desde abril.(Foto: Arquivo - Agência Brasil)

 O governador João Doria (PSDB) anunciou, durante uma coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (1), que aceitou prorrogar a isenção da conta de água para famílias de baixa renda e vulnerabilidade social até o dia 15 de agosto.

Segundo a Sabesp, o benefício alcança mais de dois milhões de pessoas em todo o Estado.

Prevista para valer por três meses (abril, maio e junho), a medida foi estendida para 31 de julho e, agora, para 15 de agosto.

Entretanto, o Governo Estadual considerou também, que o ideal seria essa população não pagasse a conta neste período de crise.

Reajuste tarifário

Também nessa quarta, a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) adiou a divulgação do aumento das contas de água e esgoto em todo o Estado.
As novas tabelas com as tarifárias vão ser divulgadas no dia 16 de julho e começam a valer depois de um mês, em 16 de agosto.

Geralmente, o reajuste tarifário feito pela Sabesp e outras companhias de saneamento básico é sempre anunciado em abril e começa a valer 30 dias depois, em maio.

Devido à pandemia do coronavírus, a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) encaminhou ofícios à Arsesp pedindo o adiamento do reajuste.

Segundo a Arsep, o primeiro ajuste será de 2,49%.

De acordo com o órgão estadual, as postergações não sairão de graça. O novo valor que virá nas contas de agosto deste ano e maio de 2021.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 10 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/