Sidebar Menu

Rodovias da região não registram mortes no feriado de Páscoa

Durante a Operação Páscoa, entre a quinta-feira (18) e segunda-feira (21), a CCR ViaOeste realizou 652 atendimentos aos usuários no Sistema Castello-Raposo.​
Rodovia Castello Branco não teve vítimas fatais - Foto: CCR

​Neste feriado de Páscoa, entre a quinta-feira,18, e segunda-feira, 21, as Rodovias Castello Branco, Raposo Tavares e Rodoanel, que passam na região, não registraram acidentes com vítimas fatais. 

Segundo a CCR ViaOeste, concessionária que administra a Castello e um trecho da Raposo, uma pane mecânica foi registrada a cada 8 minutos neste feriadão.  538 mil veículos utilizaram o Sistema Castello-Raposo no período. 

Nas demais rodovias do Estado, houve redução de 8% nos acidentes com ou sem vítimas se comparado com o mesmo período do ano passado, mas 24 pessoas morreram, 14% a mais, sendo que 7 morreram em decorrência de atropelamentos de pedestres (29,16%), e 8 pessoas faleceram em colisões diversas (33,33%), o que corresponde a 62,49% do total de mortos. 

Para a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a maioria dos acidentes poderia ter sido evitada, pois em grande parte dos casos, a causa desses fatos estão relacionadas à imprudência, negligência ou imperícia dos condutores ou pedestres. "Infelizmente, a desatenção, o desrespeito às sinalizações, são fatores que ainda contribuem para essas ocorrências. Em razão disso, o Policiamento Rodoviário tem priorizado as fiscalizações, quanto às ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade e outros comportamentos nocivos à segurança viária por parte dos usuários das vias", diz a PRE em nota. 

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection