Sidebar Menu

Região registra quase 1 mil roubos a casas em 3 anos

Por Rodolfo Andrade 

Crimes assustam vítimas

O roubo a residências entre 2016 e 2018 teve 987 casos registrados nas 7 cidades da região. Os fatos têm grande incidência entre as 7h e 9h horas ou das 18h às 20h.

O coronel da reserva da PM, José Vicente da Silva Filho, ex-secretário nacional de segurança pública, diz que esse tipo de crime choca muito as vítimas. "É traumático, impacta muito as pessoas. Em média, na região, ocorreu um roubo por dia, mas essa quantidade não é muito preocupante", comenta. O militar diz ainda que os bandidos que comentem esse crime são ousados.

A startup Bidu Seguro também alerta: "Sempre fique atento a movimentos estranhos na rua da residência. Alguns assaltantes ficam observando o movimento da família antes de agirem e, em alguns casos, contratam crianças e mulheres para serem esses 'olheiros'. Se perceber que alguém que insiste em ficar observando sua casa, fique atento."

Furtos a residência

Os furtos a residências no mesmo período tiveram 4.803 ocorrências. Osasco anotou 1.615 casos, Cotia 876, Carapicuíba 731, Itapevi 512, Barueri 493, Parnaíba 319 e Jandira 257 fatos.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública diz que combate esses crimes. "Os distritos analisam imagens de câmeras de segurança para auxiliar nas investigações e estão ouvindo vítimas e testemunhas. Além disso, policiais militares patrulham diariamente as regiões e, sempre que necessário, reorientam as ações com base nos indicadores criminais."

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também: