Sidebar Menu

Prefeitura de São Paulo gasta R$ 800 mil para isolar Praça do Pôr do Sol

O local foi cercado com tapumes após aglomeração no último fim de semana
Região é um dos pontos mais procurados para contemplar o anoitecer (Foto: Portal Veneza)

No sábado (11) e domingo (12) dezenas de pessoas se reuniram para apreciar o cair da tarde na Praça do Pôr do Sol, em Pinheiros. O ato desrespeitou o apelo dos governos estadual e municipal em relação ao isolamento social, essencial no combate ao coronavírus.

Para evitar a presença do público no local, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, determinou o isolamento da praça, cujo investimento foi de R$ 800 mil. 

Segundo informações da Rádio Bandeirantes, em entrevista com o prefeito, caso fossem fechadas todas as 5000 praças existentes na cidade, o valor do isolamento destas áreas chegaria a R$ 4 bilhões. Covas afirmou que não existe meta de isolamento neste sentido, mas ressaltou que a possibilidade está sendo avaliada caso a caso pelos subprefeitos.



Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection