Sidebar Menu

Polícia Federal: Operação cumpre mandado de busca e apreensão em Santana de Parnaíba

Força-tarefa investiga desvios de recursos públicos destinados a creches e centros de educação infantil
Ação visa desarticular organização criminosa suspeita de desviar verbas públicas (Foto: Divulgação / RFB)

A Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram, nesta quinta-feira (21), em quatro municípios de São Paulo, a Operação Daycare, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa suspeita de desviar verbas públicas destinadas à educação infantil.

As investigações indicam que organizações da sociedade civil, que administram creches conveniadas com a prefeitura municipal de São Paulo, foram utilizadas para a apropriação indevida de recursos recebidos do Poder Público, inclusive de subsídios concedidos pela União, mediante adulteração de comprovantes de pagamentos de guias da previdência social e simulação de aquisição de mercadorias demonstradas em relatórios elaborados pela unidade de inteligência fiscal da Receita Federal.

Apura-se a suposta prática de crimes como: sonegação de contribuição previdenciária, organização criminosa, peculato, falsificação de documento público e falsificação de documentos privados. As ações ocorrem simultaneamente em quatro municípios do estado de São Paulo: Itaquaquecetuba, Santana do Parnaíba, Mogi das Cruzes e capital.

Além de Santana de Parnaíba, mais três municípios de São Paulo foram alvo da operação (Foto: Divulgação / RFB)

Força-tarefa
Participaram da ação 85 policiais federais, além de nove servidores da Receita Federal.  Estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão (sendo 1 em Itaquaquecetuba/SP, 1 em Santana do Parnaíba/SP, 3 em Mogi das Cruzes/SP e 17 em São Paulo, SP).

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection