Pela primeira vez, estado de SP tem menos de duas mil pessoas internadas em UTI por covid-19

Há 4,1 mil hospitalizados pela doença; balanços são próximos aos registrados na 1ª semana de monitoramento hospitalar da pandemia
Taxas de ocupação de UTI são as menores da história da pandemia: 30,8% no estado e 38,2% na Grande SP (Divulgação / Secom Barueri)

Balanço divulgado ontem (10) pelo Governo de SP revelou que, pela primeira vez, há menos de duas mil pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva pela covid-19. A última vez em que o balanço ficou abaixo desta marca ocorreu 552 dias atrás – em 6 de abril de 2020, quando havia 1.966 internados em UTIs.

Somando-se a outros 2.180 pacientes em leitos de enfermaria, o total registrado subiu para 4.171 hospitalizados pela doença, marca sete vezes menor que o registrado no pico da segunda onda, que foi de mais de 31 mil internados.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI também chegaram a patamares animadores, uma vez que são as menores da história da pandemia: 30,8% no estado e 38,2% na Grande São Paulo. Até domingo (10), o total registrado de casos era de 4.383.381 e de óbitos de 150.756.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 03 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/