Sidebar Menu

Para evitar o colapso no sistema de saúde, Barueri cria novos leitos para tratamento da covid-19

Ao todo, até 19 de março, Barueri tinha 340 leitos destinados ao tratamento de pacientes com covid-19, sendo 103 UTIs
Reforço de leitos foi feito no HMB, no PA Vanderson César de Almeida e nos prontos-socorros Central e do Parque Imperial (Foto: Divulgação Prefeitura Municipal de Barueri)

O município de Barueri não precisou criar hospitais de campanha e lançar mão de enormes investimentos de última hora para o combate à covid. O que a atual gestão municipal, comandada pelo prefeito Rubens Furlan (PSDB), transformou o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB) em unidade de referência para covid-19, com 118 leitos de enfermaria e 64 de UTI específicos para essas vítimas, e converteu um de seus sete prontos-socorros, o Pronto Atendimento Vanderson César de Almeida, do Jardim Paulista, em um hospital de retaguarda exclusivo para internações de vítimas da Covid-19, que tem 41 leitos de enfermaria e 3 de UTI.

Para atender seus pacientes, seja para covid ou outra doença, Barueri conta com 19 UBSs. Uma dessas unidades, a UBS Benedicta Carlota, do Jardim Silveira, está sendo transformada em mais um hospital de retaguarda para covid-19. A recente instalação de um tanque de oxigênio, agora em março, é fundamental para o tratamento dos doentes com infecção respiratória e proporcionará a abertura de 41 novos leitos na unidade nos próximos dias, sendo 38 de enfermaria e três de suporte ventilatório.

Ao todo, até 19 de março, Barueri tinha 340 leitos destinados ao tratamento de pacientes com covid-19, sendo 103 UTIs. Numa live feita por Furlan nesse mesmo dia, ele informou que sua equipe estava fazendo um esforço muito grande para chegar a um total de 403 leitos. Nesta segunda-feira (22) a prefeitura anunciou a criação de 105 novos leitos para a rede pública de saúde do município. As novas vagas são exclusivas para pacientes com covid-19. São leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Semi-intensiva e de Enfermaria. O reforço foi feito no Hospital Municipal de Barueri (HMB), unidade de referência para a Covid-19 na cidade, que recebeu 36 novos leitos; para o Pronto Atendimento Vanderson César de Almeida, no Jardim Paulista, convertido em hospital de retaguarda para pacientes com covid desde o início da pandemia, agora com mais 12 leitos; e nos prontos-socorros Central (seis leitos) e do Parque Imperial (10 leitos).

Dados da pandemia

De acordo com um boletim sobre a covid divulgado no dia 22 de março, até às 14 horas, a cidade registrava 16.294 casos confirmados de covid-19, sendo que 15.204 pacientes foram confirmados e curados; 2.125 casos em investigação (em isolamento); 546 óbitos confirmados por covid; quatro óbitos em investigação e 233 pessoas internadas no HMB e PA Jd. Paulista.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/