​Os 11 municípios do consórcio Cioeste ultrapassam a marca de 6.000 óbitos por covid-19

Em relação ao total de infectados, as cidades somam mais de 154.327 casos confirmados de coronavírus; somente Osasco totaliza quase 50 mil casos
Osasco possui mais de 48 mil casos confirmados de covid-19 (Uelson Henkell/Giro S/A) 

Após mais de quinze meses desde o início da pandemia do coronavírus, as onze cidades da região oeste da Grande São Paulo já somam mais de 6.052 mortes por covid-19. De acordo com levantamento feito pela reportagem do Giro S/A com as prefeituras, Osasco é a cidade com o maior número de óbitos causados pela doença, 2.254. O município é seguido por Barueri com 912, e Carapicuíba com 861.

Com menos de mil mortos estão: Itapevi com 580, Cotia com 572, Santana de Parnaíba com 378, Cajamar com 204, Vargem Grande Paulista com 57 e Pirapora do Bom Jesus com 20 mortos.

Em relação ao número de infectados, as cidades que compõem o Cioeste somam mais de 154.327 casos confirmados. Desta, cerca de três cidades estão com mais de dez mil casos de coronavírus confirmados, no qual Cotia tem 12.712 contaminados, Santana de Parnaíba com 12.537 e Itapevi tem 10.421.

Outras duas cidades estão no topo da contaminação com mais de 20 mil casos. Barueri com 24.612 e Carapicuíba com 29.388 infectados. Osasco lidera o ranking com 48.225.

Até agora, somente três cidades tem um baixo número de infectados: Araçariguama com 1.567, Vargem Grande Paulista com 2.645 e Pirapora do Bom Jesus com 1.707 infectados.

No total, já foram recuperadas 14.705 pessoas. 


Veja mais notícias sobre MetrópoleCoronavírus.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 03 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/