No combate à covid, presidentes de consórcios da região Oeste firmam acordo de cooperação

Parceria visa enfrentar a nova onda da doença causada pela variante ômicron; entre os presidentes dos consórcios estavam os prefeitos de Osasco e Cajamar
Imagem aérea de Osasco: prefeito do município, Rogério Lins, está à frente da presidência do Cioeste  (Uelson Henkell/Giro S/A)

Na noite da última quarta-feira (26), os presidentes dos Consórcios Intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo, incluindo o Cioeste*, representado pelo prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), e o Cimbaju, que tem como presidente o prefeito de Cajamar Danilo Joan (PSD), participaram de reunião virtual com o vice-governador do estado de SP, Rodrigo Garcia (PSDB). 

O objetivo do encontro foi a discussão sobre o enfrentamento da pandemia diante do cenário atual, com o avanço da variante ômicron, que tem provocado falta de leitos, testes e profissionais de saúde, além de ampliar a dificuldade na busca por vagas de internação via CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde).

Também estiveram presentes os secretários executivos Jorge Lapas (Cioeste), Acácio Miranda Filho (Grande ABC), Brigida Sacramento (Conisud), Adriano Leite, Wagner Lima, Gustavo Costa e Mara Flores, o Chefe da Casa Civil, Cauê Macris, o secretário estadual do Desenvolvimento Regional Marco Vinholi e o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn. Na data, os presidentes dos consórcios intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo (*veja abaixo), que representam 40 cidades do estado, expuseram ao vice-governador e aos demais gestores, as dificuldades que os municípios estão enfrentando neste momento. 

Após ouvir as demandas apresentadas pelos prefeitos, o vice-governador Rodrigo Garcia afirmou que serão firmadas parcerias para a abertura de novos leitos. O governo estadual, na coletiva de quarta-feira, já havia anunciado a liberação de 700 novos leitos exclusivos para pacientes com covid-19. Destes, 434 são para enfermaria e 266 para UTI. Referente aos leitos, 11 cidades da Grande São Paulo serão beneficiadas, com 234 para enfermaria e 91 para UTI.

Garcia explicou ainda que as regiões que não foram beneficiadas com novos leitos, poderão solicitar financiamento do governo do estado para a abertura de novas vagas em caráter emergencial e, além disso, solicitar recursos do ministério da Saúde

Consórcios participantes da reunião e representantes

Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana (Cioeste), presidido por Rogério Lins;
Consórcio Intermunicipal dos Municípios da Bacia do Juquery (Cimbaju), presidido por Danilo Joan:
Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), presidido por Guti;
Consórcio do Grande ABC, presidido por Paulo Serra;
Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Conisud), que teve como participante um dos representantes do presidente .

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 23 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/