Sidebar Menu

"Milagres existem. Olha eu aqui", diz apresentador Geraldo Luís após receber alta

Estrela da RecordTV, que reside em Santana de Parnaíba, revelou que teve 70% dos pulmões afetados e deve sua recuperação aos cuidados da médica Ludhmila Hajjar
"Fiquei dez dias na UTI aos cuidados da competente e séria dra. Ludhmila Hajjar, que aplicou em meu corpo remédios que a ciência indica, o resto é conversa e perda de tempo", relatou o apresentador (Divulgação / Reprodução Instagram)

"Milagres existem, olha eu aqui". Assim o apresentador da RecordTV, Geraldo Luís, definiu sua recuperação da covid-19. Após 22 dias de internação, dez deles na UTI, o apresentador e morador de Santana de Parnaíba teve alta no último sábado (20). Geraldo revelou que chegou a ter 70% dos pulmões comprometidos por uma pneumonia e deve sua melhora ao tratamento aplicado pela médica Ludhmila Hajjar. A profissional esteve sob os holofotes na última semana após rejeitar convite para ocupar o Ministério da Saúde proposto pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Em publicação feita nas redes sociais, Geraldo Luís enalteceu o esforço de Ludhmila Hajjar e de toda a equipe, e disparou: "[ela] aplicou em meu corpo remédios que a ciência indica, o resto é conversa e perda de tempo". Geraldo compartilhou um vídeo em que a médica fala sobre seu tratamento e quais medicamentos foram utilizados.   

Ludhmila rejeitou o convite para ocupar o Ministério da Saúde, na última semana, por questões envolvendo medicamentos sem eficácia comprovada, como a cloroquina, defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). "Eu sou médica, sou uma cientista, sou uma especialista em cardiologia e unidade de terapia intensiva. Toda a minha expectativa em relação a pandemia, o que eu vi, o que eu aprendi, está acima de qualquer ideologia, de qualquer expectativa que não esteja pautada em ciência", afirmou à imprensa, ao recusar o convite.   

O vídeo de Ludhmila, publicado por Geraldo Luís, recebeu apoio e comentários de famosos, como os apresentadores Tom Cavalcanti e Celso Portiolli e a atriz Beth Goulart, que perdeu a mãe, Nicette Bruno, vítima da covid-19 em dezembro.

RECUPERAÇÃO
Fragilizado após perder 11kg, Geraldo Luís conta que as sequelas ficaram e ele está lutando contra elas. O apresentador conta que ainda não consegue tomar banho sozinho e precisará recuperar massa magra, mas está feliz. "Nasce mais uma vez um Geraldo em mim (...) Quando a morte, medo ou riscos batem na nossa porta, nunca mais nosso lar interno será o mesmo. Lutar e seguir...", escreveu.

Ainda internado, Geraldo Luís permaneceu na posição prona, técnica recomendada pela Organização Mundial da Saúde para melhorar o fluxo sanguíneo (Divulgação/Reprodução Instagram)

Veja mais notícias sobre MetrópoleCoronavírus.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/