Sidebar Menu

Moda: o poder transformador do autoconhecimento

Consultora e influencer de Alphaville dá dicas para melhorar sua imagem
Marcela Moura destaca o poder dos acessórios no look (Foto: Divulgação MM)

Marcela Moura é formada em Relações Internacionais, Marketing e Administração, porém, atualmente, trabalha com consultoria de imagem em Alphaville e região. Depois de ter passado pela experiência da maternidade, a área corporativa deixou de ser prioridade para Marcela, que resolveu enfrentar novos desafios, desta vez, como consultora de moda. Com mais de 12 mil seguidores no instagram @personeimagem, em entrevista à reportagem, a profissional compartilha como tem sido a sua trajetória, além de compartilhar algumas dicas de moda e estilo.

Como foi essa migração do mundo corporativo para moda? Depois da maternidade nossas prioridades mudam. Eu queria passar mais tempo com meus filhos e, por outro lado, sempre fui apaixonada por moda. Observava a imagem que as pessoas transmitiam por meio do que elas usavam. Fui me interessando e buscando conhecimento na área. Até que chegou um momento que nada mais me interessava, a não ser me tornar uma consultora de imagem.

De que maneira define a consultoria de imagem? A consultoria de imagem é o processo de trazer para sua imagem as suas melhores características. Nossa imagem é, na verdade, uma decodificação de características que a gostaríamos que o outro enxergasse. E o objetivo é passar o nosso melhor, para que as pessoas enxerguem aquilo que realmente queremos transmitir. Seja credibilidade, confiabilidade ou autoridade.

E como é realizado esse processo? É um processo realizado em três etapas, com um estudo completo da persona, buscando resgatar essa autoestima. A pessoa passa a se conhecer melhor, adquire autoconhecimento e começa a entender o que realmente funciona para chegar ao seu objetivo.

Apesar de pouco tempo nas redes sociais, você tem mais de 12 mil seguidores. A que você atribui esse rápido crescimento? Procuro elaborar um conteúdo bem planejado, com olhar especial para meu público. Sempre busco trazer um diferencial para quem me segue, com informação, dicas, conhecimento que agrega. Busco fazer a melhor entrega, com algo a mais do que uma foto bonita.

A profissional defende a apropriação dos looks para melhorar a imagem (Foto: Divulgação MM)

Qual o pior erro de um look? Não é exatamente um erro, mas algo que realmente atrapalha é ter uma aparência muito desleixada. Um cabelo muito oleoso ou um cabelo seco. Uma roupa desbotada ou cheia de bolinhas, unha super descascada, são o que chamamos de sabotadores de imagem. São detalhes que tiram o foco do que é bacana e levam o olhar para o que não é tão legal e isso interfere na credibilidade da sua imagem.

Você sempre aborda a importância da criatividade na imagem. O que isso quer dizer? Nós precisamos exercitar o planejamento também na hora de se vestir. Qual o tempo que você investe para este momento? O ideal é ter isso organizado, e a criatividade vem, conforme a gente observa melhor o que temos. Uma maneira ótima de experimentar a criatividade é usar acessórios, que têm um poder incrível. Tem que ter esse olhar, que você desperta quando começa a ter um pouquinho mais de tempo.

Qual o segredo para combinar diferentes texturas no look? Nem sempre essa é uma tarefa fácil, mas é legal porque a textura dá bossa ao nosso look, ficando mais interessante. Podemos misturar, por exemplo, renda com couro. O ideal, para não errar neste momento, é usar o monocromático, com o look todo da mesma cor. Só que o mais importante é você se olhar no espelho e gostar do que vê.

O que não pode no look? Hoje, essa censura, caiu por terra. Com a democratização do look, com o fast fashion, que são aquelas peças de tendência acessíveis, então hoje quase tudo é permitido. Você pode ousar e usar sua criatividade sem medo. O que a gente sempre deve se preocupar é com a apropriação, ou seja, pensar: eu estou adequada para tal situação? O que estou vestindo, está apropriado?

Qual a dica para um look de trabalho? Se você está em ambiente mais formal, não vai usar um body justo, de renda, ou algo provocativo, ou jeans muito baixo, que pode acabar ficando deselegante. Em primeiro lugar é preciso saber se a empresa que você trabalha tem uma política de dress code, adotada por grandes empresas. Mas se ainda assim não tiver, o ideal é que esteja apropriada ao ambiente de trabalho. Uma dica é: se você sair na rua com esse look, e encontrar a tia, a mãe ou o chefe, todos tem que entender que aquele look diz que você está indo trabalhar. As melhores peças são os cortes retos, cintura média, alfaiataria, terninho e blazer.

Como é cobrada uma consultoria? Minha consultoria é cobrada por hora. Mas antes de tudo, eu mapeio as necessidades da cliente, porque às vezes não é preciso uma consulta de imagem completa e sim de um serviço.

Como transformar um guarda-roupa? Basta inserir peças chaves que irão ampliar as possibilidades que dependerão muito do teu critério. O que importa para você, marca e qualidade? Ou comprar mais e gastar menos? No geral, a gente começa em mil reais para ter boas peças e várias opções. Quanto vale você atingir o sucesso que você deseja? Olhe sempre para o benefício de resgatar sua autoestima e se autoconhecer.

Para acompanhar o trabalho da consultora de moda e baixar seu e-book, basta acompanhar Instagram: @personeimagem. 

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection