Sidebar Menu

Médico é acusado de abusar de homem em Barueri

O atendimento a um homem de 38 anos ocorreu no Pronto-Socorro do Jd. Paulista.

A Polícia Civil de Barueri instaurou um inquérito para apurar um suposto abuso sexual cometido por um médico de 56 anos no último domingo, 24, durante um atendimento a um homem de 38 anos no Pronto-Socorro do jardim Paulista em Barueri.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima diz que o doutor pediu para ele deitar na maca, virar de costa, e olhar de frente para parede, e realizar movimentos circular com as palmas das mãos para fora, oportunidade em que o doutor se aproximou da maca e encostou as partes intimas, ou seja o pênis na mão da vítima, ressalta que o doutor não tirou o órgão genital para fora da calça, concluindo que o médico estava aproveitando-se daquela situação para realizar algo sexual contra a vontade do paciente, relatou as autoridades o abusado.

Procurada a Prefeitura de Barueri informou que já tomou providências. "Procedimento Administrativo Disciplinar foi instaurado, dentro da legalidade, sendo também comunicado ao Ministério Público, para que os interesses da população sejam defendidos de ações criminosas de forma legal", diz em nota.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também: