Sidebar Menu

​Lins diz que volta às aulas em Osasco só com segurança

Protocolos estão sendo elaborados pela prefeitura
Rogério Lins fez o anúncio através de suas redes sociais (Foto: Arquivo - Giro S/A)

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, anúncio nesta quarta-feira (29) que o início das aulas em Osasco não será de imediato. 

O comunicado foi feito através de uma publicação nas redes sociais. Segundo o prefeito, as aulas presenciais na rede municipal de ensino somente poderão retornar quando houver controle total da doença. As aulas on-line continuam normalmente.

Na mesma publicação, Lins anunciou que a cidade autorizou o pagamento da quarta parcela do cartão Merenda em Casa para o dia 15 de agosto.

"Não voltaremos as aulas presenciais sem termos 100% de segurança em relação ao coronavírus. Enquanto isso, estamos reformando e modernizando nossas escolas. Já autorizamos o pagamento da quarta parcela do cartão Merenda em Casa para o dia 15 de agosto. Manteremos as atividades educacionais on-line e com apostilas nas residências. Assim, protegeremos nossos 70 mil alunos, nossos profissionais da educação e todas as famílias osasquenses", escreveu Lins na publicação.

Segundo o Governo Estadual, o retorno das aulas presenciais está marcada para início de setembro. Para o retorno gradativo, a cidade deve permanecer mais de quatro semanas na faixa amarela (três) do Plano São Paulo, com os casos, os óbitos e as ocupações de Unidades de Terapias Intensivas (UTI) estabilizados.

Ao Giro S/A, a prefeitura de Osasco explicou que está elaborando protocolos para a reabertura das escolas, que serão avaliados pela Vigilância Epidemiológica.

No total, a rede municipal do município possui 150 escolas, onde estão matriculados 71.129 alunos.

Veja mais notícias sobre CoronavírusMetrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection