Lar Bussocaba de Osasco está entre as instituições de saúde que receberão aporte financeiro do Governo de SP

Cerca de R$ 1,5 bilhão serão repassados para hospitais filantrópicos e Santas Casas; 34 instituições serão beneficiadas somente na região metropolitana de São Paulo
Na mesma data foi anunciada nova linha de crédito, de cerca de R$ 300 milhões, para a compra de sistemas e equipamentos de energia solar (Divulgação / Governo de SP)

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), e o vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB), anunciaram na quinta-feira (30) o programa "Mais Santas Casas", com um grande aporte financeiro direcionado às Santas Casas e aos hospitais filantrópicos.

Serão destinados R$ 1,2 bilhão por ano para apoiar essas unidades de saúde no custeio da prestação dos serviços do Sistema Único de Saúde. Na mesma data, também foi anunciada uma nova linha de crédito, de cerca de R$ 300 milhões, voltada exclusivamente ao financiamento da aquisição de sistemas e equipamentos de energia solar fotovoltaica para estes estabelecimentos: a linha ESG Saúde. O total destinado será de R$ 1,5 bilhão. Somente na região metropolitana de São Paulo serão beneficiadas 34 instituições

O "Mais Santas Casas" ampliará em 25% os recursos já destinados anualmente por meio de convênios, somando mais de R$ 250 milhões extras neste tipo de auxílio financeiro. Com isso,  o montante passará a alcançar 333 entidades, número 2,5 vezes maior que o de beneficiados até então – eram 130 conveniadas pelos programas pré-existentes. Para tornar o programa permanente, o governador assinou um projeto de lei, já enviado à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 08 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/