Sidebar Menu

Justiça cassa direção do Sindicato dos Servidores de Osasco, Cotia e Jandira

Juíza entendeu que houve graves irregularidades no processo eleitoral

Presidente Toninho do Caps venceu a eleição contestada judcialmente - Foto: Sintrasp/Divulgação

A 3ª Vara Cível de Osasco anulou, nesta quarta-feira, 04, a eleição do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Osasco e Região (Sintrasp) realizada em 2015. Supostas fraudes marcaram processo eleitoral. "O conjunto probatório produzido no processo, as irregularidades foram inúmeras a macular as eleições realizadas", entende a juíza Ana Bonchristiano. 

"Nesse contexto, a irregularidades na convocação e na realização da eleição leva à sua nulidade. É nula a a eleição da diretoria e conselho do sindicato réu em 23 e 24 de julho de 2015, bem como a posse dos eleitos irregularmente. Posto isto, julgo procedente esta ação, assim como as cautelares, com o fim de declarar nula a convocação bem como todo o processo eleitoral e posse da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos do Município de Osasco e região (SINTRASP), em 23 e 24 de julho de 2015", despachou a magistrada.

Em nota sindicato diz que recorrerá da decisão. "O Departamento Jurídico do Sintrasp prepara uma contestação ao referido processo, pois a eleição ocorreu dentro da legalidade em conformidade ao Estatuto da entidade", diz em nota o Sindicato.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também: