Sidebar Menu

Temporal volta a castigar Barueri com alagamentos

Operação de ônibus no Jardim Silveira ficou suspensa. Veja a previsão do tempo para os próximos dias

A forte chuva que caiu, no início da tarde deste domingo, 12, voltou a castigar alguns bairros de Barueri. No Silveira, o terminal ficou interditado devido ao alagamento que deixou o local e vias próximas intransitáveis.

No Vale do Sol algumas vias ficaram alagadas assim como no Paulista.

No Parque Viana, o rio transbordou e alagou casas na rua José Dias. "Obra mal feita, chove alaga tudo e hoje sequer defesa Civil apareceu prejuízo dos moradores", desabafa a moradora Cristiane Trevisan.

Após quase duas horas, as chuvas deram uma trégua, restando apenas variação de nuvens com predomínio de céu encoberto. A temperatura máxima chegou aos 27°C e as menores taxas de umidade do ar se mantiveram acima dos 68%.

Previsão

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), As instabilidades continuam a se propagar durante o início da semana.

A segunda-feira (13) será marcada por tempo instável e chuva intermitente na Capital e Grande São Paulo, o que mantém as condições favoráveis para elevados volumes de precipitação no leste paulista.

As temperaturas sofrem ligeiro declínio, com máxima prevista de 26°C e percentuais de umidade do ar acima dos 65%. Este cenário futuro mantém o potencial para a formação de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra na Região Metropolitana de São Paulo.

Na terça-feira (14) as precipitações diminuem sobre a RMSP, que deve ter uma madrugada com termômetros na casa dos 20°C e temperatura máxima de apenas 25°C. A umidade do ar segue elevada, com os menores valores acima dos 60%. No decorrer do dia sol entre nuvens e pancadas isoladas de chuva no início da noite, com baixo potencial para a formação de alagamentos.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também: