Governo de SP lança Bolsa do Povo Educação para todos os municípios do estado

Programa pagará R$ 500 para responsáveis de alunos da rede estadual de ensino, por trabalho de quatro horas nas escolas; veja como se inscrever
Programa empregará 20 mil pessoas, preferencialmente os responsáveis diretos (Divulgação / Prefeitura Municipal de Barueri)

O governo de São Paulo anunciou na última quarta-feira (14), em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, o lançamento do programa Bolsa do Povo Educação, que empregará 20 mil pessoas, preferencialmente os responsáveis diretos (pais, mães, responsável legal) por alunos de toda rede estadual de ensino dos 645 municípios do estado, pelo período de agosto a dezembro, pagando R$ 500 mensais pelo trabalho de quatro horas.

O Bolsa do Povo Educação faz parte de um programa de proteção social (como vale-gás, dignidade íntima, entre outros), exclusivo do governo do estado de São Paulo. De acordo com o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, a intenção é aproximar as escolas das comunidades, além de auxiliar famílias em vulnerabilidade social.

As inscrições para os interessados em trabalhar nas escolas será realizada via internet pelo site www.bolsadopovo.sp.gov.br (nas abas Educação e Se Inscrever) entre os dias 19 a 31 de julho. Entre as atividades estão o apoio geral às escolas e a ajuda ao cumprimento dos protocolos sanitários. Serão investidos cerca de 60 milhões no projeto.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 21 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/