Sidebar Menu

​Governo de SP anuncia reabertura da ciclovia da Marginal Pinheiros

Seguranças do Metrô usarão câmeras em seus uniformes
Ciclovia estava fechada desde março como medida de combate à Covid-19 (Foto: Governo de SP)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta sexta-feira (31) a reabertura da ciclovia da Marginal Pinheiros para esta segunda-feira (3). O comunicado foi feito através de uma coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. 

Localizada ao lado da Linha 9 - Esmeralda da Companhia Paulista de Transportes Metropolitano (CPTM), ela possui 22 km de extensão e estava fechada desde o dia 21 de março como uma medida de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Segundo o governador, o local também passou por reformas em suas estruturas.

"A partir da próxima segunda-feira, os ciclistas e os que gostam de pedalar em suas bicicletas terão de volta a ciclovia da Marginal Pinheiros. Toda a pista, são 22 km, passou por uma completa reforma, revitalização do asfalto, câmeras foram instaladas, seguranças também estarão presentes", informou o governador.

Doria também anunciou que na estação da Vila Olímpia da CPTM foi instalada uma estação de apoio para os ciclistas, um container, que funcionará como vestiário, com cinco chuveiros e banho a R$ 16.

Nos próximos meses serão instalados luzes ao longo do trajeto para o funcionamento no período noturno. Entretanto, o Governo Estadual não explicou qual será o novo horário de funcionamento.

"Foram retiradas 50 toneladas de lixo e foi feita a revitalização do paisagismo. Os 12 banheiros do trajeto foram reformados, e facilitou-se a acessibilidade para ciclistas com deficiências", complementou Doria.

Seguranças do Metrô

Durante a coletiva também foi anunciado que os seguranças do Metrô de São Paulo utilizaram câmaras acopladas aos uniformes para o atendimento de ocorrências. Segundo o Governo Estadual, foi investido cerca de R$ 400 mil em câmaras portáteis do tipo bodycams.

De acordo com Doria, a medida visa garantir mais transparência à atuação dos seguranças. Mais de 1.200 agentes estão em treinamento para utilizar o equipamento.

"Os agentes de segurança do Metrô de São Paulo passarão a utilizar câmeras acopladas aos uniformes, da mesma maneira que fizemos com a Polícia Militar do Estado de São Paulo. As câmeras vão aumentar a transparência nas ações da segurança, melhorar a qualidade da segurança para os usuários e garantir bem-estar a todos que utilizam o Metrô para trabalhar e se deslocar", destacou o Governador João Doria.

Os aparelhos começaram a serem utilizados nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection