Feriado 7 de setembro: 1,6 milhão de veículos devem passar pelas rodovias da região

Operação acontece entre sexta (3) e terça (7), coordenada pelas concessionárias CCR Via Oeste e Rodoanel. Movimentação ficará intensa a partir das 16h
No domingo (05) e na terça-feira (07) o tráfego de caminhões estará proibido na rodovia Castello Branco, no sentido capital (Divulgação/CCR ViaOeste)

As concessionárias CCR Via Oeste e Rodoanel estimam que mais de 1.620.000 milhão de veículos irão trafegar neste feriado prolongado do Dia da Independência, entre zero hora de sexta-feira (3) e 24 horas de terça-feira (7), nas rodovias Castello Branco, Raposo Tavares e no trecho oeste do Rodoanel Mário Covas.

Chamada de "Operação Independência", as concessionárias juntamente com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e Polícia Militar Rodoviária reforçam as ações de fiscalização nas estradas que cortam as cidades de Osasco, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Vargem Grande Paulista, Itapevi, Jandira e Araçariguama, por meio das 74 câmeras ligadas ao Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária

Na sexta-feira, a expectativa das concessionárias é que a movimentação de veículos começa a ficar mais intensa a partir das 16h, com maior concentração entre 17h e 20 h. No sábado (4), o fluxo deve ser maior das 7h às 13 h. No retorno, a CCR ViaOeste prevê maior movimento no sentido capital na terça-feira (7), das 13 às 22 horas.


No sábado, no trecho oeste do Rodoanel também é previsto fluxo intenso das 9 às 13 horas (Divulgação/RodoAnel)

O maior movimento no trecho oeste do Rodoanel deve se concentrar na saída do feriado na sexta-feira, entre 15h e 21h, na pista externa (sentido Régis Bittencourt/Litoral), na região da rodovia Castello Branco. No sábado, também é previsto fluxo intenso das 9h às 13h. Nos demais dias a expectativa é de tráfego normal, inclusive na volta do feriado.

Restrições
No domingo (5) e na terça-feira (7) o tráfego de caminhões estará proibido na rodovia Castello Branco, no sentido capital, entre às 14h e 1h, segundo portaria SUP/DER-084-22/12/2010.

Obras
As obras em execução no Sistema Castello-Raposo que possam causar interferência no tráfego, como desvios ou interdições de pista, serão suspensas durante os horários de pico estabelecidos, para que os usuários possam trafegar com capacidade plena da rodovia.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 16 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/