Sidebar Menu

Família inteira em Osasco é infectada por covid-19

Conheça a história de Victória e seus desafios para superar a infecção

Uma família inteira contaminada por covid-19. Esse foi o cenário que a enfermeira Victoria Rodrigues Tavares, 23 anos moradora do Jardim Roberto em Osasco teve que enfrentar. Victoria trabalha diariamente em um hospital de referência em São Paulo para o tratamento de coronavírus, mas não conseguiu evitar sua contaminação.

Segundo a enfermeira, os primeiros sintomas começaram em 25 de março, quando se sentiu febril e com certa indisposição. "Me senti indisposta e com sensação de aumento da temperatura, que se agravou em 2 dias. Já no dia 27 procurei atendimento médico e, por conta do início recente dos sintomas e da possibilidade do teste dar negativo, apesar da infecção ativa, o que chamamos de falso-negativo, fui afastada durante 3 dias, sob a recomendação de retorno se os sintomas não cessassem", explica.

Mas os sintomas de Victória foram piorando e dois dias depois estava com diarreia e teve que voltar ao Centro de Atendimento ao Funcionário no hospital em que trabalha para reavaliação. "Fui afastada e no dia 31 recebi o diagnóstico de covid-19. Sentia dificuldades de respirar, embora os sintomas fossem leves, dor no corpo e perda de olfato", enumera.

A enfermeira conta que foi medicada com medicamentos sintomáticos para controle da dor e desconforto respiratório. "Às vezes usava dipirona e loratadina. Nada além disso", afirma.

Victória diz que se sente aliviada por não necessitar de internação. "Ficava sempre atenta as mudanças de sintomas como piora do desconforto respiratório. Nunca havia sentido falta de ar antes, então foi um sintoma importante para mim. Apesar de leve, foi importante", relembra.

Para a enfermeira um dos momentos mais aflitivos foi lidar com a grande quantidade de informações sobre o coronavírus a todo o momento. "Talvez pior do que isso, não apenas a quantidade, mas as divergências nas informações me causavam muita ansiedade e angústia. Então, estar doente e ouvir o número de casos de infectados, de mortos, de incertezas e "certezas demais" quanto à prevenção, tratamento e reabilitação, foi bem difícil. Isso piora nosso estado emocional", relata.

CONTÁGIO NA FAMÍLIA

Outro momento de grande dificuldade contado por Victória foi quando a infecção se estendeu para a mãe de 45 anos, o pai de 52 e o irmão de 15 anos. "Acredito que a transmissão tenha ocorrido antes do início dos sintomas, então não pudemos realizar o isolamento com fins de prevenção. Após o diagnóstico, permanecemos todos na mesma casa, intensificando os cuidados de higiene e individualização dos itens pessoais", ressalta.

Victória revela que a contaminação pode ter se estendido. "Até mesmo meu namorado, provavelmente, foi contaminado também, pois apresentou perda de olfato e paladar, comum para pessoas mais jovens que são infectadas. Todos apresentamos sintomas leves: desconforto respiratório leve, tosse, dor no corpo, perda de olfato e de paladar. Graças a Deus passamos por isso de certa forma bem", comenta.

A enfermeira conta que passou por momentos difíceis com toda família doente. "O complicado de ter pessoas contaminadas da mesma família é a dificuldade de lidar com diferentes sintomas ao mesmo tempo e a possibilidade de agravamento do quadro de todos nós. Por outro lado, pudemos enfrentar a situação juntos, o que amenizou as dificuldades do período", analisa.

A enfermeira relata que passar por essa situação remete a reflexões sobre à vida. "Diante da vulnerabilidade e das incertezas somos incitados a refletir no que realmente é importante e indispensável e, por vezes, nos envergonhamos por lutar e brigar por coisas tão simples e passageiras. Aprendi que o descanso e confiança em Deus são imprescindíveis, pois Ele tem o controle da história. Aprendi a valorizar mais a família e os amigos, que adoecem conosco. Aprendi a importância da solidariedade e de se importar. Aprendi a importância de voltarmos a ser, de novo, humanos", finaliza.

Veja mais notícias sobre CoronavírusMetrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection