Escolas da rede pública estadual e privada retomam aulas presenciais na próxima semana, anuncia Doria

Dia 18 de outubro, todos os alunos das escolas do estado e particulares serão obrigados a participar presencialmente das atividades escolares; escolas municipais seguem as regras da cidade
Doria diz que distanciamento de um metro, uso de máscara e outras medidas protetivas continuam sendo necessários (Divulgação / Governo do Estado de São Paulo)

Na coletiva desta quarta-feira (13), o governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou o retorno das aulas presenciais para 100% dos alunos das escolas públicas estaduais e particulares dos 645 municípios do estado. No dia 18, a regra de distanciamento de um metro entre as cadeiras dentro da sala, medição de temperatura, uso de máscara e de álcool em gel continuam sendo necessários. Já a partir do dia 1º de novembro, o distanciamento não será mais exigido.

De acordo com dados divulgados na coletiva, o estado investiu cerca de 744 milhões em reformas de infraestrutura nas escolas estaduais. Cerca de 97% dos professores da rede estão com seu esquema vacinal completo e 90% dos alunos entre 12 e 17 anos já tomaram a primeira dose. A equipe governamental ainda destacou que jovens de 16 e 17 anos já podem receber a sua segunda dose em seus municípios de domicílio.

A obrigatoriedade só não vale para gestantes e puérperas, estudantes com comorbidades maiores de 12 anos que não tenham tomado a segunda dose, menores de 12 anos com doenças crônicas, estudantes com duas doses que tenham a saúde fragilizada. As escolas municipais seguem as regras do próprio município, a não ser as das cidades reguladas pelo conselho estadual de educação. 

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 20 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/