Sidebar Menu

Covid-19: Cotia atinge 66,3% de ocupação nas UTIs

Reportagem do Giro apurou que não há previsão para reabertura do Hospital de Campanha; município soma 256 óbitos 
Cotia conta com 25 pacientes internados (Foto: Freepik)
Diante do expressivo aumento de casos de covid-19 em todo o Brasil, a reportagem do Giro S/A fez um levantamento sobre a situação da cidade de Cotia. Na manhã desta quarta-feira (13), a cidade alcançou ocupação de 58,9% nos leitos de enfermaria e 66,3% nos leitos de UTI, de acordo com boletim do governo do estado, responsável pelos leitos hospitalares da rede pública do município. 

Segundo boletim divulgado hoje (13) pela Prefeitura de Cotia, o município soma 6.875 casos confirmados. Destes, 6.381 já foram curados e 256 vieram a óbito e outras quatro mortes estão sob investigação. Há cerca de um mês, em 14 de dezembro, eram 5.894 casos confirmados, 5.552 pessoas curadas e 229 falecidos por complicações da doença.

Mesmo com o aumento de casos, a administração municipal descarta a reabertura do Hospital de Campanha, encerrado em outubro de 2020. Em nota, a municipalidade afirma estar estudando algumas ações como, por exemplo, a contratação de leitos na rede privada.  

Prefeito de Cotia, Rogério Franco, em visita ao Giro (Foto: Francisco Cepeda/Giro S/A)

PREFEITO ANUNCIA AÇÕES

Em entrevista ao GiroPlay, em dezembro, o prefeito de Cotia, Rogério Franco (PSD) listou ações que para ampliar o atendimento aos infectados por covid-19: "Preparei chamamento para cadastrar algumas unidades de UTI da rede privada para que possamos ter esses equipamentos disponíveis. Estou em fase de contratação dos leitos. Na cidade temos um equipamento que é da rede São Camilo. É um hospital desativado mas que está com todos os leitos de UTI equipados. Estou fazendo a contratação para deixar esses leitos disponíveis e vamos pagar apenas os leitos que usar pela tabela SUS. Cotia já saiu na frente, vamos ter esses leitos disponíveis e vamos atuar muito rápido se for necessário, com equipes de desinfecção que continuam nas ruas, se precisar ampliar vamos ampliar, e com ações que sejam necessárias para que a gente possa proteger a população", garantiu.

Veja mais notícias sobre CoronavírusMetrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection