Sidebar Menu

Cotia e Vargem Grande Paulista publicam as regras para a nova fase de flexibilização

As duas cidades estão autorizadas a reabrir bares, restaurantes e salões de beleza
Os estabelecimentos que servem comida em Cotia poderão funcionar seis horas, mas com restrições (Foto: Google Street View)
As cidades de Cotia e Vargem Grande Paulista, as únicas da região que saíram da fase laranja do Plano São Paulo de flexibilização da economia e estão, a partir de hoje (29) na fase amarela, já têm os decretos com as novas regras para o funcionamento dos estabelecimentos.

O prefeito de Vargem Grande Paulista, Josué Ramos, publicou ainda na sexta-feira (26) o decreto 127/20 que prorroga a quarentena até o dia 14 de julho e estabelece as seguintes regras para o funcionamento de bares, restaurantes e similares; e salões de beleza e barbearias, autorizados a reabrir nesta fase:



  • distanciamento de 1,5 metro entre uma pessoa e outra,
  • controle de fluxo de pessoas no interior dos estabelecimentos,
  • uso obrigatório de máscaras de proteção facial,
  • utilização e disponibilização de álcool em gel 70% e
  • limitar a permanência de pessoas no interior dos estabelecimentos a 20% (vinte por cento) da lotação máxima para bares e restaurantes e de apenas uma pessoa por vez, com horário previamente marcado, para salões e barbearias


O horário de funcionamento autorizado para bares, restaurantes e lanchonetes serão reduzidos para: das 10h às 16h e das 19h às 22h, de segunda-feira a sábado.

Já para salões de beleza e barbearias, o funcionamento será das 10h às 16h, de segunda-feira à sábado.

O decreto completo pode ser lido aqui:  http://www.vargemgrandepta.sp.gov.br/site/wp-content/uploads/2020/05/Decreto_127_Fase_Amarela.pdf


Cotia

Em Cotia, o prefeito Rogério Franco publicou hoje (29) o decreto contendo as regras gerais para reabertura, denominada Plano Retoma Cotia, que já havia sido publicado em 11 de junho e foi reeditado.

As regras básicas para a retomada dos restaurantes, bares, lanchonetes, salões, barbearias, clínicas de estética e similares em Cotia são:


  • capacidade limitada a 40% (quarenta por cento) da lotação para bares, lanchonetes e restaurantes. Atendimento exclusivamente com agendamento prévio, prevendo intervalo suficiente entre marcações para higienização completa das estações de atendimento e utensílios;
  • separação mínima de um metro entre cadeiras e dois metros entre mesas, devendo o estabelecimento reorganizar o seu layout interno para garantir a separação, com marcação em destaque das mesas que não deverão ser ocupadas;
  • distanciamento de 1,5 metro nas filas de entrada ou para pagamento, efetuando demarcação de solo;
  • a distância mínima entre estações de trabalho nos salões de beleza deve ser de 2 metros. No caso de estações de trabalho em linha, respeitar a distância mínima e deixar ao menos uma vazia entre duas em uso.
  • instalação, sempre que possível, de uma barreira de acrílico nos caixas;
  • controle de acesso e limpeza e desinfecção, de hora em hora, de banheiros e sanitários; e para os estabelecimentos localizados em shopping centers, galerias e congêneres, o horário de funcionamento deverá coincidir com o deste.

O horário de funcionamento em Cotia será de seis horas seguidas ou, no caso do estabelecimentos que servem comida, intercaladas, entre almoço, das 12h às 15h, e jantar, das 19h às 22h.

O decreto completo pode ser lido aqui: https://leismunicipais.com.br/a1/sp/c/cotia/decreto/2020/873/8724/decreto-n-8724-2020-insere-no-plano-retoma-cotia-criado-pelo-decreto-n-8721-de-11-de-junho-de-2020-e-autoriza-a-retomado-do-atendimento-presencial-nos-setores-economicos-nao-essenciais-que-especifica

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection