​Contas de água terão aumento de 3,4% a partir de agosto

Programas ligados à Tarifa Social não terão reajuste 
Programas ligados à Tarifa Social não terão reajuste (Foto: Arquivo - Agência Brasil)

A partir de agosto, a conta de água ficará 3,4% mais cara. O anunciou foi feito pela Sabesp, na noite de desta quarta-feira (15). Segundo a companhia, o aumento foi autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Asesp) e começará a valer a partir de 15 de agosto. 

A alta é composta por um reajuste tarifário anula de 2,5% e um ajuste compensatório de 0.9%. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (16).

De acordo com o documento, o reajuste não contempla as categorias da Tarifa Social Residencial Social e Residencial Favela, que é destinada a clientes de baixa renda.

Geralmente, o reajuste tarifário feito pela Sabesp e outras companhias de saneamento básico é sempre anunciado em abril e começa valer 30 dias depois, em maio.

Devido à pandemia do coronavírus, a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) encaminhou ofícios à Arsesp pedindo o adiamento do reajuste.

De acordo com o órgão estadual, as postergações não sairão de graça. O novo valor que virá nas contas de agosto deste ano e maio de 2021.

A água tratada e distribuída pela Sabesp atende cerca de 28 milhões de pessoas no Estado de São Paulo.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/