​Com investimento de R$ 230 milhões, Cajamar terá 95% de seu esgoto tratado até 2024, diz Sabesp

Ao longo do andamento das obras, a Sabesp irá encaminhar relatórios periódicos para a a administração municipal e, posteriormente, será divulgado para a população a evolução dos trabalhos e os valores investidos em cada bairro
O Prefeito de Cajamar, Danilo Joan, juntamente com secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Raul Lopes, se reuniu com representantes da diretoria da Sabesp. (Foto: Secom/Prefeitura de Cajamar)

O prefeito de Cajamar, Danilo Joan (PSD), se reuniu juntamente com o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Raul Lopes, e representantes da diretoria da Sabesp para tratar do planejamento e a instalação nova rede de esgoto do município. O encontro aconteceu na quarta-feira (10).

Segundo Joan, o investimento na obra será de R$ 230 milhões. A primeira estação a ser construída será no distrito do Polvilho. As obras lineares do empreendimento já iniciaram, com a instalação de tubulações que levam os coletores troncos dos bairros para as estações. Nesta primeira etapa, será construída a unidade da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no distrito do Polvilho, contudo, já existem estudos para a construção de uma segunda estação de tratamento no distrito de Jordanésia.

Segundo a Prefeitura, a nova infraestrutura da rede de esgoto, irá ampliar o fornecimento de água em todos os bairros de Cajamar. O projeto apresentado também inclui a melhoria do tratamento de água da região do bairro São Benedito (nova interligação com uma adutora de 500mm) e no Polvilho (ligação de adutora pela fazendinha e construção de dois novos reservatórios).

Ao longo do andamento das obras, a Sabesp irá encaminhar relatórios periódicos para a a administração municipal e, posteriormente, será divulgado para a população a evolução dos trabalhos e os valores investidos em cada bairro.

A Prefeitura também prevê que até 2024, 95% do esgoto da cidade esteja tratado. E que até 2025, 100% do tratamento referente seja de responsabilidade contratual. 

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/