​Com a queda no número de internações, Osasco desativa "Centro de Terapia Intensiva da Covid"

Com o fechamento da ala, o Pronto-Socorro do Jardim D'Abril retoma os atendimentos e os 32 leitos no espaço serão usados para outras especialidades
Unidade foi inaugurada em março de 2020 (Marcelo Deck/Prefeitura de Osasco)

A secretaria de Saúde de Osasco anunciou a desativação do "Centro de Terapia Intensiva da Covid", que funcionava dentro do Pronto-Socorro do Jardim D'Abril. De acordo com a administração municipal, a decisão de encerrar as atividades do espaço foi tomada em decorrência da queda expressiva dos índices de internações por covid-19 na cidade. 

Com o fechamento da ala, a unidade hospitalar retoma os atendimentos de rotina. Já os 32 leitos existentes no local serão usados como retaguarda de atendimento da rede municipal de saúde para outras especialidades, a partir de 10 de novembro.

Inaugurado em março de 2020, o "Centro de Terapia Intensiva" atuou diretamente no combate ao coronavírus. O espaço operou de portas fechadas para atendimentos de urgência e emergência de pacientes acometidos por problemas respiratórios. Os cinco pacientes que continuavam internados, foram transferidos para o Hospital Municipal Antônio Giglio.

De acordo com o governo do estado de São Paulo, Osasco têm cerca de 45.806 casos confirmados de covid-19 e 2.692 pessoas morreram em virtude desta doença. Com pouco mais de 700 mil habitantes, até o momento, a cidade já aplicou mais de 1.127.064 de doses das vacinas contra o coronavírus nos munícipes.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 16 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/