​Com a diminuição de casos e mortes por covid, Itapevi estuda flexibilizar protocolos de enterros

Para evitar o contágio do coronavírus, Carapicuíba, Pirapora do Bom Jesus, Cotia, Osasco e Cajamar irão manter as mesmas medidas sanitárias
Prefeitura de Itapevi estuda a autorização do aumento do tempo de velório e do número de pessoas que acompanham o cortejo (Felipe Barros/Secom Itapevi) 

Com o avanço da vacinação contra a covid-19, diminuição do número de casos e mortes, o governo do estado de São Paulo permitiu a flexibilização de diversos protocolos sanitários, inclusive aqueles que são ligados aos sepultamentos neste período de pandemia. Seguindo o exemplo da capital paulista que divulgou novo decreto sobre o assunto, Itapevi vêm estudando novas medidas para os enterros na cidade.

"A Prefeitura de Itapevi estuda a autorização do aumento do tempo de velório e do número de pessoas que acompanham o cortejo para o sepultamento, mantendo todas as demais regras de prevenção e protocolos sanitários", explicou a administração municipal à reportagem do Giro S/A.

Desde abril de 2020, o Ministério da Saúde divulgou novos parâmetros para velórios e enterros. Entre as recomendações estavam velórios em locais ventilados e com participação de até dez pessoas, para evitar o contágio da doença. Segundo o portal de notícias "G1", desde setembro do ano passado, o governo estadual permite que caixão possa permanecer aberto caso a morte ocorra após o período de transmissão da doença, cerca de 15 dias depois.

Para evitar o contágio do coronavírus, as cidades de Carapicuíba, Pirapora do Bom Jesus, Cotia, Osasco e Cajamar informaram à reportagem do Giro S/A que irão manter as mesmas medidas sanitárias. A administração municipal de Cajamar também alegou que retomou as visitações no cemitério da cidade, no qual o uso de máscaras de proteção facial e álcool em gel são indispensáveis.

Em Cotia, a administração municipal explicou que "Pessoas que foram a óbito por covid-19 não têm velório, para os demais, segue sendo permitido velório de até duas horas, não há velório noturno e os protocolos sanitários devem ser respeitados".

Até o fechamento desta reportagem, Araçariguama, Jandira, Vargem Grande Paulista e Santana de Parnaíba não responderam com os dados solicitados.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 20 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/