Abastecimento na região: Chuvas de verão elevam nível dos reservatórios

O sistema Alto de Cotia, apresentava em 1º de janeiro volume de 41,3%. A reportagem apurou que na quarta-feira (26), o nível subiu para 62,4%
Nível do Alto Cotia subiu para 62,4% (Divulgação/Prefeitura de Cotia)

Os reservatórios que abastecem a região aumentaram o volume de água armazenada com as chuvas de verão das últimas semanas, mas a recuperação pode não ser suficiente para garantir o abastecimento de água nos meses de estiagem, o que pode ocasionar a falta de água nas residências. A Sabesp nega qualquer risco de desabastecimento no Estado de São Paulo.

O sistema Alto de Cotia, apresentava em 1º de janeiro volume de 41,3%. Nesta quarta-feira (26), o nível subiu para 62,4%.

Dos mananciais que compõem a Região Metropolitana de São Paulo, a situação mais crítica é o do Cantareira que abastece mais de 6,9 milhões de pessoas e registra 30,3%, o Alto Tietê 48,6%, o Guarapiranga 73,1%, o Rio Grande 95,8% e o Rio Claro 42,5%. 

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 23 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/