Número de casamentos cresce em dez cidades que integram consórcio Cioeste

Em todo o País, os cartórios brasileiros apontam aumento de 27,61% nos casamentos; confira os dados dos municípios da região
Osasco, por exemplo, registrou crescimento de 930 matrimônios. Já Pirapora do Bom Jesus teve queda: menos sete uniões civis (Divulgação/Freepik)

Com exceção da cidade de Pirapora do Bom Jesus, os casamentos voltaram a aumentar nos outros dez municípios da região metropolitana oeste de SP que fazem parte do consórcio Cioeste, de janeiro a outubro de 2021, em comparação ao mesmo período de 2020. Osasco, por exemplo, registrou crescimento de 930 matrimônios. 

Os cartórios brasileiros apontam crescimento de 27,61% no número de casamentos no País. A confiança causada pelo aumento da vacinação e pela diminuição do número de óbitos pela covid-19 impulsionaram as uniões.

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), base de dados nacionais administrada pela Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil (Arpen/BR), entidade
que representa os 7.654 Cartórios de Registro Civil do Brasil, distribuídos em todos os municípios e distritos do Brasil.

Municípios
Barueri realizou 1.897 casamentos de janeiro a outubro de 2021, ante 1.665 no mesmo período do ano passado. Em Cajamar, registrou-se 480 esse ano e 377 no ano passado. Já em Carapicuíba, 1.344 ante 1.051.

Cotia registrou 1.138 uniões civis nos dez primeiros meses deste ano, ante 1.041 no mesmo período de 2020. Itapevi, 884 e 797. Jandira realizou 623 em 2021 e 499 no ano passado. Já em Pirapora do Bom Jesus, foram 64 ante 72.

Santana de Parnaíba celebrou 628 uniões civis de janeiro a outubro de 2021, ante 472 no mesmo período do ano passado. E Vargem Grande Paulista chegou a 259 casamento em 2021, ante 205 no ano passado.

Araçariguama, por sua vez, registrou 128 casamento em 2021. No ano passado foram 73.

Brasil
Nos dez primeiros meses de 2021, foram realizadas 683.855 celebrações civis, frente a 535.823 matrimônios feitos no ano passado. A tendência de alta começou a ser verificada em março, quando os números de 2021 ultrapassaram os de 2020.

Naquele mês, totalizaram-se 62.879 casamentos, enquanto em 2020, quando se iniciou a pandemia no País, os números foram fechados em 53.903. Já o maior crescimento percentual se deu de agosto para setembro, quando os casamentos aumentaram 25,17%.



Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 07 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/