Sidebar Menu

Brasil atinge 500.000 mortes por covid-19; as 11 cidades do Cioeste somam 6.170 óbitos

A maior letalidade na região é registrada em Osasco, com 5,8%, acima do índice estadual, que é de 3,4%; veja o levantamento feito pela reportagem do Giro S/A
Cidades mais populosas da região lideram o ranking de vítimas da covid-19; Osasco já contabiliza 2.182 vítimas (Tomaz Silva/Agência Brasil)

O Brasil atingiu neste sábado (19) a marca de 500.000 mortos em decorrência de complicações da covid-19. Nas 11 cidades da região oeste da Grande São Paulo que compõem o consórcio Cioeste, foram 6.170 óbitos, de acordo com o Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).

O País atingiu a marca de 100.000 mortos em 8 de agosto de 2020. Foram necessários cinco meses para dobrar esse número e outros três meses para alcançar 300 mil óbitos. Para chegar aos 400 mil, foram apenas 36 dias. Desta vez, foram necessários cerca de dois meses para alcançar a triste marca de meio milhão de vítimas da covid-19.

O aumento progressivo de mortos pela doença também ocorre na região oeste da Grande São Paulo. Em 8 de janeiro, as cidades do Consórcio Cioeste somavam 2.737 mortes em decorrência do vírus. Em cinco meses que compreendem o pior momento da pandemia, o número quase dobrou, chegando a 4.767 vítimas em 29 de abril. Após 57 dias e uma leve desaceleração da pandemia em todo o estado, a região alcançou 6.170 óbitos.

As cidades mais populosas da região lideram o ranking de vítimas da covid-19. Osasco já ultrapassou a marca de 2.000 óbitos e contabiliza 2.182 mortos. Barueri vem em seguida, com 986 vidas perdidas.

LETALIDADE
A maior letalidade na região é registrada em Osasco, com 5,8%, acima do índice estadual, que é de 3,4%. Essa taxa se refere à quantidade de pessoas que morreram pela doença em relação à quantidade de infectados por ela. O segundo maior índice da região pertence a Itapevi, com 5,6%. Em seguida, Cajamar, com 4,9%.

Os dois menores índices de letalidade da região pertencem a Pirapora do Bom Jesus (1,1%) e Santana de Parnaíba (2,5%).

ESPERANÇA
Um dado do município de Jandira dá uma perspectiva de otimismo e esperança para a região. A cidade está há quase um mês sem registrar óbitos por covid-19, segundo os boletins epidemiológicos do município. O último óbito contabilizado na cidade foi em 21 de maio.

Confira o levantamento completo:

TOTAL DE ÓBITOS POR COVID
Araçariguama – 54 mortos
Barueri – 986 mortos
Cajamar – 207 mortos
Carapicuíba – 965 mortos
Cotia – 524 mortos
Itapevi – 588 mortos
Jandira – 255 mortos
Osasco – 2182 mortos
Pirapora do Bom Jesus – 15 mortos
Santana de Parnaíba – 312 mortos
Vargem Grande Paulista – 82 mortos

TOTAL: 6.170

Veja mais notícias sobre MetrópoleCoronavírus.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/