Sidebar Menu

Aves nativas são soltas no Parque Ecológico de Barueri

O Centro de Triagem de Animais Silvestres de Barueri abriga 426 animais vítimas de tráfico e de acidentes em meio urbano; em 2021, 56 já foram devolvidos à natureza
Um gavião, um Carijó, dois bem-te-vis, cinco tico-ticos e quatro sabiás laranjeira foram soltos no Parque Ecológico de Barueri (Divulgação / Prefeitura Municipal de Barueri)

Na tarde da última terça-feira (13), o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Barueri (Cetas) realizou a soltura de 13 aves (um gavião, um Carijó, dois bem-te-vis, cinco tico-ticos e quatro sabiás laranjeira) no Parque Ecológico de Barueri.

Essa medida visa a devolução de aves nativas ao seu habitat natural após o processo de recuperação da saúde física dos bichos e sua readaptação para voltar a conviver na natureza. A maioria dos animais recuperados pela Polícia Ambiental ou pela Guarda Ambiental são apreendidos, mas também podem ser resgatados ou de entrega voluntária.

O Centro atua em defesa dos animais silvestres, trabalhando para que retornem ao seu ambiente nativo após serem vítimas de tráfico e de acidentes em meio urbano. Atualmente, o Cetas de Barueri abriga 426 animais aguardando destinação. 

Neste ano de 2021, 56 já foram devolvidos à natureza. Alguns deles, como não são nativos de São Paulo, precisam ser encaminhados aos seus Estados de origem e, em conjunto com outros Centros, é necessária uma logística específica para essa repatriação.

Contato
Para entrar em contato com o Cetas Barueri no telefone 4689-0314. Já em caso de resgate, o contato deve ser com a Guarda Municipal Ambiental no número 4199-1400.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/