Sidebar Menu

Alunos que agrediram professora em Carapicuíba passam por audiência. VEJA imagens

​Adolescentes respondem por associação criminosa. Sete sofreram transferência compulsória 

Delegacia responsável pelo inquérito - Foto: SSP/Divulgação

Oito alunos da Escola Estadual Maria de Lourdes Teixeira que arremessaram livros e carteiras contra uma professora, na última sexta-feira, 31, foram apreendidos pela Polícia Civil, ontem, 3, e dormiram em uma Delegacia de Barueri. 

Os meninos respondem por atos infracionais de associação criminosa, dano ao patrimônio público, tentativa de lesão corporal contra a professora, injúria e ameaça. Nesta terça-feira, 4, os adolescentes serão encaminhados para audiência de custódia na Vara da Infância e Juventude de Carapicuíba onde o juiz decidirá se eles permanecem apreendidos ou responderão os atos em liberdade. 

O conselho escolar decidiu transferir sete alunos compulsoriamente, neste caso eles não devem estudar mais na escola e serão alocados em outras unidades da cidade. 

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também: