Adesão de jovens e adolescentes à vacina contra covid é considerada satisfatória na região

Entre as cidades que integram consórcio Cioeste, Osasco foi a que teve a maior adesão de jovens, com taxa de 103%, já que vacinou pessoas de outras cidades
Cidades começam a vacinar adolescentes entre 12 e 17 anos (Francisco Cepeda/Giro S/A)

A vacinação tem sido importante passo para colocar fim à pandemia do novo coronavírus. Para isso, as prefeituras da região oeste da Grande São Paulo têm intensificado a divulgação dos polos de vacinação para incentivar os jovens e adolescentes a comparecerem para receber a primeira dose do imunizante. 

Diferentemente de outras cidades da Grande São Paulo, os municípios que compõem o Cioeste garantem que estão com boa adesão desse público. Neste momento, as administrações municipais iniciaram também a vacinação de jovens de 12 a 17 anos com comorbidades e gestantes.

Segundo a Prefeitura de Itapevi, entre os jovens acima de 18 anos a adesão foi de 90%, chegando a um total de 3.461 jovens vacinados. A administração também trabalha para atrair os adolescentes de 12 a 17 anos. Já Pirapora do Bom Jesus vacinou 2.385 jovens entre 18 e 25 anos. A administração também já iniciou a vacinação dos adolescentes.

Outra cidade que obteve bom resultado foi Cotia, que já imunizou 84,5% dos jovens. Em Osasco, a vacinação superou os 103% dos adolescentes, já que foram imunizados osasquenses e moradores de outras cidades.

Veja mais notícias sobre Metrópole.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 07 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/