Sidebar Menu

SP têm aumento de mais de 1600 ônibus nas vias

Medida visa suprir os veículos no rodízio
Enquanto o número de passageiros registrado no último dia 7 foi de 31%. (Foto: Divulgação / SPTrans)


Para suprir a ausência dos veículos que ficarão proibidos de rodar por conta da volta do rodízio nessa segunda-feira (11), a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretária de Transporte, colocou 1.000 veículos na frota de ônibus da capital.

O objetivo é que aumentar o índice de isolamento social. A frota nas ruas terá um aumento de a 65,5%. Enquanto o número de passageiros registrado no último dia 7 foi de 31%.

Como complementação, também serão colocados à disposição da população mais 600 ônibus nos bolsões. Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), os ônibus foram distribuídos em 469 linhas de todas as regiões da cidade, além de terminais e estações de trem e metrô

A CPTM e o Metrô da capital também aumentaram sua frota em 25% para suprir a demanda.

"Não houve nenhuma intercorrência, movimento foi tranquilo e os terminais se comportaram bem. Os ônibus não precisam respeitar os horários, mas estavam com todos assentos ocupados", explicou Edson Carram, secretário de transportes de São Paulo, em entrevista.

Os terminais de ônibus têm marcações no chão para delimitar a distância entre os passageiros nas filas e evitar aglomerações.

Para caminhões, voltou a valer nesta segunda a Zona Máxima de Restrição de Circulação.


Veja mais notícias sobre Autos.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/