Sidebar Menu

Nova geração de motor estreia no sedã C 200

Foto: Divulgação

A versão mais vendida da Mercedes-Benz no Brasil, a Classe C, acaba de receber renovações. Fabricados em Iracemápolis (SP), os modelos C180, C 200 e C 300 ganharam novos design interno e externo e arquitetura eletrônica. Mas a novidade mais importante está sob o capô do C 200 na nova opção EQ Boost.

Trata-se de uma nova geração de motores de 4 cilindros a gasolina com tecnologia inédita em um veículo da marca. Junto ao 1.5 turbo de 183 cv, a Mercedes instalou um motor de arranque/alternador unificado acionado por correia, em uma nova rede elétrica de 48 volts. Equipamentos eletrônicos do carro são alimentados por uma rede de 12 volts.

Ao acelerar, o gerador adiciona 14 cv a mais ao sedã, com destaque ao torque de 16,3 kgfm, como se empurrasse o carro até o turbocompressor entrar em ação. O recurso também ajuda a alcançar a rotação ideal do motor nas trocas de marchas. Nas reduções de velocidade, o motor elétrico recupera a energia cinética e recarregando a bateria.

O resultado é um carro com menores emissões e redução de 10% no consumo de combustível.

Nessa versão EQ Boost, o C 200 custa R$ 228.900.

Veja mais notícias sobre Autos.

Veja também: