Sidebar Menu

Covid-19: Renault pode ir à falência

França tem 15% da marca
Montadora mantém uma fábrica no Brasil em São José dos Pinhais. (Foto: divulgação - Renault)
Em uma entrevista à emissora francesa BFM TV nessa segunda-feira (25), o ministro da economia francesa Bruno Le Maire disse que a montadora francesa Renault pode ir a falência devido à pandemia do coronavírus.

Segundo Le Maire, o governo da França não pode garantir que haverá cortes na empresa e também não exige que a montadora mantenha aberta suas fábricas locais abertas.

Fundada em outubro de 1898, a montadora está em negociações para receber um empréstimo bilionário de cinco bilhões de euros (30 bilhões de reais). O aval depende do governo francês. Ainda essa semana haverá o anuncio de um plano de restruturação.

Detentor de 15% da participação da Renault, o governo francês disse que irá dar a opção da companhia ajustar sua produção nesse período. Porém, foi ressaltado por meio de nota, que a fábrica instalada em Flins, região metropolitana de Paris, não seja fechada.

O ministro também não descartou que pode haver demissões na empresa.

Segundo Le Maire, o governo não tem intenção de ampliar sua fatia na Renault por enquanto.


Veja mais notícias sobre Autos.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection