Sidebar Menu

Reveja as estreias mundiais do Salão de Frankfurt

Fiat, Chrysler, Jeep, Toyota ficarão fora do salão

Já que as montadoras decidiram que o futuro será elétrico, não poderiam ter maior vitrine do que os salões. Na feira de Frankfurt, na Alemanha,aberta nessa quinta (12) e que vai até dia 22,os veículos movidos a energia elétrica são "obrigatórios". Mas ainda há alguns carros a gasolina ou diesel.

Chama a atenção grandes marcas ausentes: Fiat, Chrysler, Jeep, Toyota, Subaru, Nissan, Mitsubishi, Kia, Peugeot, Citroën, Volvo e Ferrari, entre outras, simplesmente decidiram não fazer parte deste que é o maior salão de carros do mundo.


BMW
Concept 4, um exagero de grade que rouba sua real beleza. O conceito é uma forma de mostrar seu futuro, que pode ou não vingar. A exagerada grade do BMW Concept 4 até divide opiniões, mas segundo a marca suas formas foram inspiradas em cupês clássicos. A grade, inclusive, rouba os detalhes esculturais de seus faróis a laser. A BMW não divulga detalhes técnicos, até porque o que importa é apenas admirá-lo.

VOLKSWAGEM
ID.3 terá autonomia de até 550 km. Grande aposta da Volks no mundo dos elétricos, de tão importante é considerado seu novo Fusca. A marca quer vendê-lo por menos de 30 mil euros na Alemanha. As vendas por lá começam em 2020.

LAMBORGHINI
Sián FKP 37: senhor esportivo com motor híbrido de 820 cv, superesportivo homenageia Ferdinand K. Piëch e terá apenas 63 unidades.

PORSCHE
Taycan é 100% elétrico. Uma das principais novidades da Porsche é o Taycan, esportivo elétrico com dois motores que geram 760 cv numa das versões. A autonomia chega perto de 500 quilômetros.

No design, linhas fluidas e coeficiente de aerodinâmica (Cx) de apenas 0,22. Este Porsche chega ao Brasil em meados de 2020 mas para poucos: estimativa é de que vai custar R$ 1 milhão.

LAND ROVER
Novo Defender vem para cá. Esqueça as linhas quadradas do antigo Defender. Ele ficou moderno e tem até opção híbrida. Repleto de conforto e recursos off-road, vem para o Brasil em 2020.

AUDI
AI: Trail, futurista demais. Drones no lugar de faróis e motores elétricos que geram 435 cv: protótipo que dificilmente será produzido.

HONDA
Elétrico que vai para as ruas. A carinha já é conhecida de outros salões e agora o Honda E é definitivo: o motor dá autonomia de 220 km.

MERCEDES-BENZ
Vision EQC
O estudo de design dá dicas de um futuro sedã grande elétrico. Promete quase 500 cv e autonomia de 700 km. 

Veja mais notícias sobre Autos.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection